Regras de negociação de pontos de pivot Forex

Regras de negociação de pontos de pivot Forex

Revisão crunch Forex
Revisão de fórmula de ganho Forex
Previsão de petróleo Forex


Revisão de forex Gainsy Taxas de câmbio no mercado cambial do Quénia Estratégia de negociação de reversão de forex de arco-íris Taxas de forex do banco de Co op kenya Preço do mercado Forex Transmissor fm bc-101 bluetooth forex Estrategia de negociacao do canal Keltner Webtrader de metal Forex

Grupo de Treinamento Forex. Pontos de pivô são um tipo de suporte e níveis de resistência que são usados ​​por muitos traders de curto prazo e intradiários. Ao negociar pontos de pivot, muitas das mesmas regras estão em vigor como em outros tipos de técnicas de suporte e negociação de resistência. Muitos comerciantes mantêm um olhar atento sobre os pontos de pivot diários, pois são considerados níveis-chave no período intradiário. Iremos através dos aspectos básicos dos Pontos de Pivot Forex e discutiremos algumas estratégias de negociação que podem ser usadas com pontos de pivot diários. O que são pontos de pivô do Forex? Pontos de pivot Forex são calculados níveis de preços horizontais no gráfico. Esses níveis mostram áreas potenciais onde o preço pode reverter, especialmente durante o primeiro toque desses níveis. Muitos traders de Forex tomam suas decisões de negociação intraday com base em níveis de pivot diários e, como tal, é importante que os traders intraday observem atentamente a ação de preço nesses níveis. Como calcular os pontos de articulação. O cálculo do ponto de pivô padrão é bastante simples. Requer apenas três números - próximos, altos e baixos. Devemos primeiro calcular o principal ponto de pivot diário. A fórmula para isso: Ponto de Pivotamento (PP) = (Diário Alto + Diário Baixo + Fechado) / 3. Uma vez que o mercado Forex é um mercado 24/5, há alguma confusão quanto a qual tempo usar para a abertura e fechamento diário do mercado. A maioria dos traders de forex usa as 23:59 (23:59) GMT para o horário de fechamento do mercado Forex e 12:00 AM (00:00) GMT para o horário de abertura do mercado Forex. Ao fazer isso, você pode separar as sessões de negociação diárias umas das outras. Quando você obtém o PP, pode começar a calcular os pontos de articulação superiores e inferiores adicionais. Estes são chamados de primeiro, segundo, terceiro níveis de resistência de pivô e primeiro, segundo, terceiro, níveis de suporte de pivô. Calculando a Primeira Resistência e Suporte ao Pivô. Como agora você tem o ponto de pivô básico, agora é possível calcular o primeiro suporte e resistência. R1 = (2 x ponto de articulação) - Daily Low. S1 = (2 x Ponto Dinâmico) - Diariamente Alto. Calculando o Suporte e Resistência do Segundo Pivô. R2 = Ponto Dinâmico + (Diariamente Alto - Diariamente Baixo) S2 = Ponto Dinâmico - (Daily High - Daily Low) Calculando o suporte e a resistência do terceiro ponto de articulação. R3 = Diariamente Alto + 2 x (Ponto Dinâmico - Diariamente Baixo) S3 = Daily Low - 2 x (Daily High - Ponto Dinâmico) Passamos pelos cálculos acima, para que você possa entender como esses níveis são calculados. Vamos agora discutir algumas maneiras rápidas de calcular os pontos de pivô sem ter que fazer os cálculos manuais diariamente. Adicionando Pontos Dinâmicos ao seu Gráfico. Quando você aplica o ponto de pivô básico e os três suportes e resistências, haverá 7 níveis diferentes. Como você viu acima, pode ser um pouco entediante realizar os cálculos manualmente. Existem diferentes opções para obter os pontos de pivô sem fazer os cálculos acima manualmente. Calculadora de pontos de pivô. Existem muitas calculadoras de ponto de pivo on-line na rede. Quando você abre uma calculadora de ponto de giro, você precisará adicionar as três variáveis ​​de ação de preço. Estas são as altas diárias, as baixas diárias e as altas. Quando você adiciona esses três, basta clicar em um botão "calcular" e obter instantaneamente os pontos de pivô. Depois de ter isso, você pode simplesmente plotar as linhas de pivô em seu gráfico de negociação dentro de sua plataforma de negociação. Indicador de ponto de giro. A maioria dos softwares de negociação disponíveis hoje terá um indicador de pivô que calculará automaticamente esses níveis para você e os plotará no gráfico. Primeiro, verifique a lista de indicadores que sua plataforma de negociação oferece. Se você não tiver um indicador de pivô, faça uma pesquisa. Você pode encontrar muitos indicadores de ponto de pivô on-line, que você pode simplesmente adicionar à sua plataforma. Navegar na net e você definitivamente vai encontrar um indicador de ponto de pivô disponível geralmente gratuitamente em algum lugar. Você pode ter que importar o indicador e extrair os arquivos na pasta de indicadores da sua plataforma de negociação. Depois de ter feito isso, você poderá aplicar o indicador de ponto de giro diretamente em seu gráfico. Quando você plotar seu indicador de ponto de giro em seu gráfico, você deve ver algo como isto: Este é o gráfico de 30 minutos do EUR / USD 2, 3 e 4 de março de 2016. As linhas horizontais no gráfico são os pontos de pivô. A linha azul é o ponto central do pivô. As linhas acima do ponto principal do pivô são R1, R2 e R3. As linhas abaixo da linha azul são S1, S2 e S3, (S2 e S3 não são visíveis). Nós também colocamos três linhas verticais no gráfico. Essas três linhas separam os diferentes dias de negociação. Observe que os níveis de pivô de cada dia de negociação são alinhados de maneira diferente. Isto é assim, porque cada dia de negociação tem diferentes valores diários altos, baixos e próximos. Dessa maneira, os níveis de pivô também são diferentes. É por isso que há uma mudança rápida nos níveis das linhas de pivô para cada dia de negociação. Pontos de Pivot de Negociação. Existem poucas regras básicas quando se negocia pontos de pivô. Seja pessimista quando o preço estiver abaixo do ponto principal do pivô. Seja otimista quando o preço estiver acima do ponto principal do pivô. Vá em frente se o preço saltar de S1, S2 ou S3. Seja breve se o preço for de R1, R2 ou R3. Uma vez que discutimos a estrutura dos pontos de pivot e a maneira como eles são calculados, agora é hora de demonstrar o pivot trading usando alguns exemplos de gráficos. Dê uma olhada na imagem abaixo: Este é o gráfico horário do USD / JPY de 29 de fevereiro a 4 de março de 2016. O gráfico mostra a ação de preço dos pontos de articulação por 5 dias consecutivos. Os círculos mostram momentos em que o preço se consolida e hesita na área de um ponto de pivô. As setas mostram momentos em que o preço encontra suporte ou resistência em torno de um nível de ponto de giro. Neste exemplo, vemos o preço hesitar em torno de um nível 4 vezes e, em 8 casos, temos uma reversão de preço após a interação com um ponto de pivô. Estratégia de negociação de pivô. Agora que vimos os pontos de pivô em ação, agora nos voltaremos para aplicar algumas estratégias de negociação de ponto de pivô. Pivot Points de Negociação com Ação de Preço. Em primeiro lugar, mostrarei como usar pontos de articulação como parte de uma estratégia de negociação de ação de preço puro, sem a ajuda de nenhum indicador de negociação adicional. Contaremos com regras de fuga regulares para entrar no mercado. Se entrarmos no mercado em uma fuga, colocaremos um stop loss abaixo do ponto de pivo anterior. Atingiremos o segundo nível de ponto de pivot após a fuga. Dê uma olhada neste gráfico: Este é o gráfico H1 do GBP / USD para o período de 28 de janeiro a 5 de fevereiro de 2016. Há dois breakouts por meio do nível PP, que podem ser negociados. A primeira fuga através da linha pivô azul vem no início do gráfico. Um poderia encurtar o GBP / USD. Uma ordem de stop loss deve ser colocada logo acima de R1 - o primeiro nível de pivô acima do ponto de pivô principal. O alvo deve ser S2 - o segundo nível abaixo do ponto principal do pivô. É muito importante enfatizar que, se a sua negociação for realizada durante a noite, os pontos de articulação provavelmente serão alterados para o dia seguinte. Dessa forma, seu stop loss e target podem precisar ser ajustados para refletir os novos níveis. De acordo com o exemplo de negociação acima, cerca de seis horas após a negociação a descoberto no par de par GBP / USD, o preço atinge a meta, que era de cerca de 138 pips de lucro potencial. O preço começa a aumentar depois de atingir o alvo. No meio do próximo dia de negociação, o GBP / USD quebra o ponto de giro principal na direção de alta. Esta é uma boa oportunidade de longa posição. Se você quiser aproveitar esta longa oportunidade, deve colocar sua ordem de stop loss logo abaixo de S1, o que não é visível na foto neste momento em particular. Ao mesmo tempo, seu alvo deve estar no R2. Depois de quebrar o ponto de pivô principal, o preço começa a aumentar e ele passa por R1. No dia seguinte, os níveis de pivô são diferentes. O preço diminui até o ponto central do pivô e até fecha uma vela abaixo. No entanto, a vela é um martelo de alta, que é uma formação de vela de rejeição. Isso sugere que o comércio deve permanecer aberto. Além disso, o stop loss abaixo de S1 ainda está intacto. O preço inicia então uma consolidação que dura até o final do dia de negociação. Quando o próximo dia de negociação chegar, os pontos de pivô serão reajustados novamente e estarão mais apertados. O ponto principal do pivô é maior. O preço testa novamente o ponto de pivô principal como suporte e salta para cima. Em seguida, o GBP / USD entra em uma tendência de alta e o destino em R2 é atingido. Observe que depois de atingir o alvo, o GBP / USD fecha uma vela acima de R2. Isso implica que a tendência de alta pode continuar, o que coloca na mesa uma terceira oportunidade de negociação. Se você for longo aqui, você deve colocar uma parada logo abaixo R1. Uma vez que o comércio é longo e está aberto em uma fuga através de R2, a ordem do limite de destino deve ser colocada em algum lugar acima de R3 (não temos nível de R4). Você também pode usar suas próprias regras de ação de preço para determinar por quanto tempo deve permanecer no negócio. Pivot Points de Negociação com MACD. Nesta estratégia de negociação de pivô, incluirei o indicador de Divergência de Convergência Média Móvel (MACD). O objetivo dessa estratégia é combinar uma quebra de ponto de pivô ou um salto com um crossover ou divergência de MACD. Quando você combina sinais de ambos os indicadores, você deve entrar no mercado na direção respectiva. Um stop loss deve ser usado nesta estratégia de negociação da mesma forma que na estratégia anterior. Sua parada deve estar localizada no nível de pivô anterior. Você deve permanecer no comércio até que o MACD forneça um cruzamento oposto. A imagem abaixo irá tornar a imagem mais clara para você. Este é o gráfico H1 do USD / CAD para 19 a 26 de fevereiro de 2016. A imagem mostra uma oportunidade longa e duas posições curtas. Os sinais são baseados em breakouts de ponto de pivô e cruzamentos MACD. Começamos com a primeira oportunidade de negociação que é curta. As linhas MACD cruzam-se para baixo e obtemos o primeiro sinal para uma eventual tendência de baixa. Poucas horas depois, vemos o preço passando pelo ponto de pivot principal, que é o segundo sinal de baixa neste caso. Pode-se agora reduzir o USD / CAD com base nessa estratégia de negociação. Um stop loss deve ser colocado logo acima do ponto de pivô R1, como mostrado na imagem. O preço inicia um movimento descendente. No entanto, vemos uma correção no ponto de pivô principal (primeira seta preta). O preço então salta do nível PP e a diminuição continua. A segunda hesitação na tendência de baixa leva a uma linha de alta das linhas MACD e o negócio deve ser fechado. Alguém poderia ter feito 53 pips desta negociação. Observe que poucas horas após o cruzamento MACD de alta, o preço muda acima do ponto de pivô principal. Existem dois sinais correspondentes provenientes do PP e do MACD. Isso parece uma boa oportunidade que pode ser negociada. Neste caso, o stop loss deve estar localizado logo abaixo do ponto de pivô S1. O preço começa a aumentar e o MACD começa a tendência em alta. No meio do próximo dia de negociação, as linhas MACD interagem na direção bearish. Isso deve ser tomado como um sinal de fechamento. O longo comércio teria gerado lucro de 57 pips. O preço aumenta para R1 e começa a se aproximar desse nível de resistência. De repente, o USD / CAD salta em uma direção de baixa. Ao mesmo tempo, as linhas MACD cruzam em direção bearish também. Essa é outra combinação de dois sinais dos pontos de pivô e do MACD, que é uma oportunidade de posição curta. O preço muda imediatamente abaixo do nível PP e continua a diminuir rapidamente. Uma correção ocorre depois e as linhas MACD quase se cruzam em direção bullish. No entanto, não há nenhuma leitura otimista vinda do MACD e a negociação deve ser realizada. Os preços continuam a descer. A próxima hesitação na tendência de baixa leva a uma linha de alta no MACD, que deve ser tomada como um sinal de saída. Este comércio teria gerado lucro de 235 pips em cerca de dois dias. Conclusão. Pontos de pivô são níveis intraday gráficos importantes, que atuam como áreas de suporte e resistência. Os pontos de pivot são considerados muito objetivos, uma vez que são calculados usando uma fórmula precisa. A configuração do ponto de pivô básico inclui um nível de pivô básico (PP) com três níveis de resistência acima (R1, R2 e R3) e três níveis de suporte abaixo (S1, S2 e S3). Os pontos de pivô são calculados usando a alta diária, baixa e próxima do par de Forex. A fim de definir os prazos diários, muitos comerciantes definiram o open-close do dia de negociação do Forex para: Início: 00:00 GMT Fim: 23:59 GMT Todos os dias de negociação, PP, R1, R2, R3, S1, Os níveis S2 e S3 mudam de localização, porque os valores diários altos, baixos e próximos são diferentes todos os dias. Há muitas calculadoras de ponto de giro, o que facilitaria significativamente a maneira como você extrai seus dados dinâmicos. Há pronto para usar indicadores de pivô, que se adaptam à sua plataforma de negociação. Você deve sempre usar uma ordem de stop loss quando trocar pontos de pivô. Um bom lugar para colocar sua parada é o nível de pivô anterior daquele que você usa para entrar no mercado. Você deve obter lucro depois que o preço passar por duas áreas dinâmicas ou com base em outras pistas de ação de preço ou um sinal indicador de confirmação. Dois métodos para trocar pontos de pivô são: Pontos de Pivô de Negociação usando Pontos de Pivô de Negociação de Ação de Preço com MACD. Leve sua negociação para o próximo nível, acelere sua curva de aprendizado com o meu programa gratuito de treinamento em Forex. Negociação de ponto de pivô. A utilização de pontos de pivô como estratégia de negociação existe há muito tempo e foi originalmente usada por traders de pregão. Essa foi uma maneira simples e simples de os operadores de mercado terem uma ideia de para onde o mercado estava caminhando durante o dia, com apenas alguns cálculos simples. O ponto de pivo é o nível no qual a direção do mercado muda para o dia. Usando alguma aritmética simples e nos dias anteriores, alta, baixa e próxima, uma série de pontos é derivada. Esses pontos podem ser níveis críticos de suporte e resistência. O nível de pivô, os níveis de suporte e resistência calculados a partir dele são coletivamente conhecidos como níveis de pivô. Todos os dias o mercado que você está acompanhando tem uma abertura, alta, baixa e um fechamento para o dia (alguns mercados como o forex são 24 horas, mas geralmente usam as 5pm EST como abertura e fechamento). Esta informação contém basicamente todos os dados que você precisa para usar pontos de pivô. A razão pela qual os pontos de articulação são tão populares é que eles são preditivos em oposição a atrasos. Você usa as informações do dia anterior para calcular possíveis pontos de inflexão para o dia em que você está prestes a negociar (dias atuais). Como muitos comerciantes seguem os pontos de pivô, você frequentemente descobrirá que o mercado reage a esses níveis. Isso lhe dá a oportunidade de negociar. Antes de entrar em como você calcula pontos de pivô, eu só quero salientar que eu coloquei uma calculadora online e uma versão de desktop realmente nítida que você pode baixar de graça AQUI. Se você preferir trabalhar os pontos de pivô por conta própria, a fórmula que eu uso está abaixo: Resistência 3 = Alta + 2 * (Pivô - Baixo) Resistência 2 = Pivot + (R1 - S1) Resistência 1 = 2 * Pivô - Baixo. Ponto de giro = (Alto + Próximo + Baixo) / 3. Suporte 1 = 2 * Pivot - High. Suporte 2 = Pivot - (R1 - S1) Suporte 3 = Baixo - 2 * (High - Pivot) Como você pode ver na fórmula acima, apenas tendo os dias anteriores altos, baixos e próximos, você acaba terminando com 7 pontos, 3 níveis de resistência, 3 níveis de suporte e o ponto de pivô atual. Se o mercado abrir acima do ponto de pivo, então o viés do dia é longo. Se o mercado abrir abaixo do ponto de pivo, então o viés do dia é para operações de curto prazo. Os três pontos de articulação mais importantes são R1, S1 e o ponto de rotação atual. A idéia geral por trás de pontos de pivô de negociação é procurar uma reversão ou quebra de R1 ou S1. Quando o mercado chegar a R2, R3 ou S2, S3, o mercado já estará sobrecomprado ou sobrevendido e esses níveis devem ser usados ​​para saídas, em vez de entradas. Um conjunto perfeito seria para o mercado abrir acima do nível do pivô e então parar ligeiramente no R1 e depois ir para o R2. Você entraria em uma quebra de R1 com um alvo de R2 e se o mercado fosse muito forte, feche a metade em R2 e meta R3 com o restante de sua posição. Infelizmente a vida não é tão simples e temos que lidar com cada dia de negociação da melhor maneira possível. Eu escolhi um dia aleatoriamente da semana passada e o que segue são algumas idéias sobre como você poderia ter negociado naquele dia usando pontos de pivô. No dia 12 de agosto 04, o Euro / Dólar (EUR / USD) tinha o seguinte: Resistência 3 = 1,2377. Resistência 2 = 1,2337. Resistência 1 = 1,2293. ─ ponto de articulação = 1,2253. Suporte 1 = 1,2209. Suporte 2 = 1,2169. Suporte 3 = 1,2125. Dê uma olhada no gráfico de 5 minutos abaixo: A linha verde é o ponto de giro. As linhas azuis são os níveis de resistência R1, R2 e R3. As linhas vermelhas são os níveis de suporte S1, S2 e S3. Há muitas maneiras de negociar esse dia usando pontos de articulação, mas vou orientá-lo em algumas delas e discutir por que algumas delas são boas em certas situações e porque algumas são ruins. O comércio de fuga. No início do dia, estávamos abaixo do ponto de pivotagem, de modo que nosso viés é para transações curtas. Um canal formado para que você estivesse procurando uma fuga do canal, de preferência para o lado negativo. Nesse tipo de negociação, você teria sua ordem de entrada de venda logo abaixo da linha de canal inferior, com uma ordem de parada logo acima da linha de canal superior e um destino de S1. O problema neste dia foi que, S1 estava muito perto do nível de fuga e não havia carne suficiente no mercado (13 pips). Esta é uma boa técnica de entrada para você. Só porque não era adequado neste dia, não significa que não será adequado no dia seguinte. O comércio de retirada. Este é um dos meus conjuntos favoritos. O mercado passa por S1 e depois recua. Um pedido de entrada é colocado abaixo do suporte, que neste caso foi o mais recente antes do recuo. Uma parada é então colocada acima do recuo (o pico mais recente) e um alvo definido para S2. O problema novamente, neste dia, era que a meta do S2 era fechar, e o mercado nunca retirou o suporte anterior, o que nos diz que, o sentimento do mercado está começando a mudar. Quebra de Resistência. À medida que o dia avançava, o mercado começou a voltar ao S1 e formou um canal (área de congestionamento). Esta é outra boa forma para um comércio. Uma ordem de entrada é colocada logo acima da linha de canal superior, com uma parada logo abaixo da linha de canal inferior e o primeiro alvo seria a linha de pivô. Se você estiver negociando mais de uma posição, fecha metade da sua posição à medida que o mercado se aproxima da linha de pivô, aumenta sua parada e observa a ação do mercado nesse nível. Como aconteceu, o mercado nunca parou e seu segundo alvo se tornou R1. Isso também foi facilmente alcançado e eu teria fechado o resto da posição nesse nível. Estratégia Avançada. Como mencionei anteriormente, há muitas maneiras de negociar com pontos de pivô. Um método mais avançado é usar a cruz de duas médias móveis como confirmação de uma fuga. Você pode até usar combinações de indicadores para ajudá-lo a tomar uma decisão. Pode ser o cruzamento de duas médias e também o MACD deve estar no modo de compra. Mexa com alguns dos seus indicadores favoritos, mas lembre-se que o sinal é uma quebra de nível e os indicadores são apenas uma confirmação. Ainda não entramos em padrões em torno de níveis ou fracassos, mas esse não é o objetivo desta lição. Eu só quero apresentar outra maneira possível para você negociar. Para ler mais artigos de Marcos, por favor clique aqui. Pontos de Pivô da Camarilla (Day-Trader). Ação de preço e macro. A partir de uma equação antes envolta em mistério, um sabor de pontos de pivô veio à luz que muitos comerciantes de curto prazo gostam quando plotados no gráfico diário. O cálculo dos Pontos de Articulação da Camarilla produz níveis consideravelmente mais próximos do que outras variações de pivô, levando a uma atividade mais comercial do que outros sabores deste indicador popular de suporte e resistência. Este indicador versátil é pensado para fornecer comerciantes não só um maneirismo de gerenciamento de risco, mas também um maneirismo de entrar negócios. Neste artigo, vamos descrever cada um desses usos. Conforme analisamos em nosso artigo sobre pontos de pivô, um cálculo matemático simples pode ajudar os operadores a usar os dados de preços do período anterior para encontrar níveis de suporte e resistência. O período anterior pode ser definido como uma hora, dia, semana ou mês com algumas variações entre eles. Com os Pivots da Camarilla, os traders de curto prazo costumam olhar para a variedade diária. Quando o preço se aproxima do 3º nível de suporte ou resistência, muitos traders sentem que a chance de uma reversão pode ser iminente. Como tal, os comerciantes, muitas vezes, olham para obter lucros a esses níveis, se atendidos enquanto em uma posição vencedora. A figura abaixo mostrará 2 reversões ocorrendo no mesmo dia no AUDUSD. Reversões ocorrendo no S3 & amp; R3 Camarilla Pivot. Alternativamente, muitos traders também acham que se o 4º nível de suporte ou resistência for atingido, o potencial para uma fuga pode ser aumentado. E, se esse for o caso, esses negociadores prefeririam conter o dano de negociações incorretas se esses níveis fossem atingidos ao perder posições, procurando fazer paradas fora desses preços. Troca de Câmaras Reversíveis. Uma vez que os traders sentem que a propensão para uma fuga pode aumentar se o pivô diário S3 ou R3 for atingido, eles também podem procurar colocar uma negociação nessa direção. Então, se o R3 for atingido, os traders podem procurar vender, enquanto os traders procuram comprar no S3. Isso pode ser particularmente útil se for feito considerando tendências de longo prazo. Conforme analisamos em nosso artigo sobre Pivot Points, os traders podem incorporar múltiplas análises de tempo em um esforço para obter uma visão mais ampla do significado das interações com níveis de suporte ou resistência. Se um trader observar uma tendência de longo prazo que gostaria de comprar mais barato, ele poderá esperar até que o preço atinja o S3 Camarilla Pivot diário para fazê-lo. E exatamente o oposto pode ser verdade para as tendências de baixa de longo prazo, em que o trader procura vender quando o preço sobe para o R3 Cam Pivot diário. Negociação Cam Breakouts. Se o preço atingir o 4º nível de suporte ou resistência, algo "grande" pode estar acontecendo no mercado que está sendo negociado. Como tal, alguns traders olharão para as interseções com os níveis S4 e R4 como uma oportunidade para a negociação de uma fuga, muito da maneira que vimos no artigo A balística dos breakouts. A figura abaixo ilustra essa configuração: S4 / R4 Camarilla Breakout. --- Escrito por James B. Stanley. Você pode seguir James no Twitter @JStanleyFX. Para se juntar à lista de distribuição de James Stanley, por favor clique aqui. O DailyFX fornece notícias e análises técnicas sobre as tendências que influenciam os mercados monetários globais. Próximos eventos. Calendário Econômico Forex. O desempenho passado não é indicação de resultados futuros. O DailyFX é o site de notícias e educação do IG Group. Usando pontos de pivô em Forex Trading. A negociação requer pontos de referência (suporte e resistência), que são usados ​​para determinar quando entrar no mercado, fazer paradas e obter lucros. No entanto, muitos traders iniciantes desviam muita atenção para indicadores técnicos, como a divergência de convergência de média móvel (MACD) e o índice de resistência relativa (RSI) (para citar alguns) e não identificam um ponto que define risco. O risco desconhecido pode levar a chamadas de margem, mas o risco calculado melhora significativamente as chances de sucesso no longo prazo. Uma ferramenta que fornece suporte e resistência em potencial e ajuda a minimizar o risco é o ponto de giro e seus derivados. Neste artigo, discutiremos por que uma combinação de pontos de pivô e ferramentas técnicas tradicionais é muito mais poderosa que as ferramentas técnicas e mostra como essa combinação pode ser usada efetivamente no mercado de câmbio. Pontos de Pivô 101. O ponto de giro pode então ser usado para calcular o suporte e a resistência estimados para o dia de negociação atual. Suporte 1 = (2 x Ponto Dinâmico) - Alto (período anterior) Resistência 2 = (ponto de articulação - suporte 1) + resistência 1. Resistência 3 = (ponto de articulação - suporte 2) + resistência 2. Para obter uma compreensão completa de como os pontos de pivotamento podem funcionar, compile as estatísticas para o EUR / USD de quão distantes cada ponto alto e baixo foram de cada resistência calculada (R1, R2, R3) e nível de suporte (S1, S2, S3) . Para fazer o cálculo você mesmo: Calcule os pontos de articulação, níveis de suporte e níveis de resistência por x número de dias. Subtrair os pontos de articulação de suporte da baixa real do dia (Low - S1, Low - S2, Low - S3). Subtrair os pontos de pivot da resistência da máxima real do dia (High - R1, High - R2, High - R3). Calcule a média para cada diferença. Os resultados desde o início do euro (1º de janeiro de 1999, com o primeiro dia de negociação em 4 de janeiro de 1999): A baixa real é, em média, 1 pip abaixo do Suporte 1 A alta real é, em média, 1 pip abaixo da Resistência 1. Indo mais um passo, calculamos o número de dias que a baixa foi menor que cada S1, S2 e S3 e o número de dias que a alta foi maior que a de cada R1, R2 e R3. O resultado: houve 2.026 dias de negociação desde o início do euro em 12 de outubro de 2006. A baixa real foi menor que S1 892 vezes, ou 44% do tempo A alta real foi maior que R1 853 vezes, ou 42% do tempo. Esta informação é útil para um comerciante; Se você sabe que o par desliza abaixo de S1 44% do tempo, você pode colocar uma parada abaixo de S1 com confiança, entendendo que a probabilidade está do seu lado. Além disso, você pode querer ter lucros logo abaixo de R1 porque sabe que a alta do dia excede R1 apenas 42% do tempo. Mais uma vez, as probabilidades estão com você. É importante entender, no entanto, que as teses são probabilidades e não certezas. Em média, a alta é 1 pip abaixo de R1 e excede R1 42% do tempo. Isso não significa que a alta excederá R1 quatro dias nos próximos 10, nem que a alta sempre será 1 pip abaixo de R1. O poder nesta informação reside no fato de que você pode avaliar com segurança o suporte e a resistência em potencial com antecedência, ter pontos de referência para colocar stops e limites e, o mais importante, limitar o risco enquanto se coloca em uma posição lucrativa. Usando as informações. Divergência de RSI na Resistência / Suporte de Pivô. Este é tipicamente um comércio de alto risco-recompensa. O risco é bem definido devido à alta recente (ou baixa para uma compra). Os pontos de pivot nos exemplos acima são calculados usando dados semanais. O exemplo acima mostra que de 16 a 17 de agosto, R1 manteve resistência sólida (primeiro círculo) em 1.2854 e a divergência do RSI sugeriu que o lado positivo era limitado. Isso sugere que há uma oportunidade de ficar com uma parada abaixo de R1 com uma parada na alta recente e um limite no ponto de pivô, que agora é um suporte: Vender curto em 1.2853. Pare na alta recente em 1.2885. Limite no ponto de giro em 1,2784. Este primeiro negócio gerou um lucro de 69 pip com 32 pips de risco. A taxa de recompensa para risco foi de 2,16. A semana seguinte produziu quase a mesma configuração. A semana começou com uma recuperação para e logo acima de R1 em 1.2908, que também foi acompanhada por divergência de baixa. O sinal curto é gerado no declínio abaixo de R1, ponto no qual podemos vender a descoberto com uma parada na alta recente e um limite no ponto de pivô (que agora é suportado): Venda a descoberto a 1.2907. Pare na alta recente em 1.2939. Limite no ponto de giro em 1.2802. Este comércio rendeu um lucro de 105 pip com apenas 32 pips de risco. A taxa de recompensa para risco foi de 3,28. As regras para a configuração são simples: 1. Identifique a divergência de baixa no ponto de articulação, seja R1, R2 ou R3 (mais comum em R1). 2. Quando o preço cair novamente abaixo do ponto de referência (pode ser o ponto de pivô, R1, R2, R3), inicie uma posição curta com uma parada na alta de swing recente. 3. Coloque uma ordem de limite (take profit) no próximo nível. Se você vendeu no R2, seu primeiro alvo seria R1. Nesse caso, a resistência anterior se torna suporte e vice-versa. 1. Identifique divergência de alta no ponto de pivô, S1, S2 ou S3 (mais comum em S1). 2. Quando o preço sobe novamente acima do ponto de referência (pode ser o ponto de pivô, S1, S2, S3), inicie uma posição longa com uma parada na baixa de giro recente. 3. Coloque uma ordem de limite (take profit) no próximo nível (se você comprou na S2, seu primeiro alvo seria S1 ... o suporte anterior se torna resistência e vice-versa). Negociação com pontos de pivô. Os níveis de suporte e resistência geralmente identificam pontos de preço onde ocorrem grandes mudanças, mas como você identifica suporte e resistência? Os traders usam muitos métodos para encontrar essas áreas-chave, incluindo áreas de interesse anteriores, equações matemáticas simples e sofisticados modelos comerciais informatizados. Freqüentemente, as ferramentas simples, objetivas e facilmente calculadas são as melhores porque tendem a ter um desempenho consistente ao longo do tempo e trabalham em uma ampla variedade de mercados e prazos. Um indicador que se encaixa nesses critérios é o ponto de articulação de Woodie. Discutiremos como calcular, interpretar e usar essa ferramenta técnica, concentrando-nos em day trading e swing trading. O ponto de giro do Woodie é o nível no qual a direção do mercado muda para o dia. Os pontos de articulação de Woodie são usados ​​para determinar os níveis de negociação em que a tendência está inclinada a mudar de direção e ir para possível suporte e resistência. Eles são projetados para serem indicadores de previsão de tendência em vez de indicadores atrasados. De certa forma, pontos pivô podem ser uma profecia auto-realizável. Muitos comerciantes os seguem, o que faz com que o mercado reaja nesses níveis. Cálculo. Neste dia e idade dos cálculos instantâneos, pode parecer estranho falar sobre o cálculo manual. É importante, quando possível, entender a matemática por trás dos seus indicadores. Para calcular os pivôs do Woodie, use as fórmulas abaixo. R1-R3 denotam níveis de resistência. PP refere-se ao ponto de articulação. S1-S3 são níveis de suporte. Os níveis de suporte e resistência calculados a partir das fórmulas indicam as faixas de negociação em potencial para o próximo pregão. Para calcular o nível do pivô, precisamos de três preços, que são: H = preço alto do dia anterior. L = preço baixo do dia anterior. O = preço de abertura do dia atual. A fórmula para o ponto de pivô é: Os níveis de suporte e resistência são então calculados. Os primeiros níveis de suporte e resistência são calculados usando a diferença entre o ponto de pivô e os preços altos e baixos do dia anterior: Os segundos níveis de suporte e resistência são baseados na largura da faixa de negociação (alto-baixo) e são calculados como: Os terceiros níveis de suporte e resistência são calculados como: Esses preços geralmente são obtidos do gráfico diário de um contrato de ações ou futuros, mas o ponto de giro também pode ser calculado usando as informações dos gráficos por hora. A maioria dos traders prefere ter os pivots, bem como os níveis de suporte e resistência, dos gráficos diários e, em seguida, aplicá-los aos gráficos intraday (por exemplo, a cada hora, a cada 30 minutos ou a cada 15 minutos). Se um ponto de pivô é calculado usando informações de preço de um período de tempo mais curto, isso tende a reduzir sua precisão e significância. O nível mais importante é o próprio nível de pivô, acima ou abaixo de onde o movimento do preço ocorrerá em direção aos níveis de suporte e resistência. É extremamente raro que um índice de ações atinja seus níveis diários de R3 ou S3. Se um mercado ou uma ação individual se reagrupa até R2 ou se vende até S2, isso geralmente acaba sendo a alta ou baixa do dia. Saber isso ajudará a temperar suas emoções e manter você no caminho certo para seguir esse sistema. No contexto da aplicação deste indicador, consideramos o ponto de pivô o nível decisivo de tendência para um determinado dia. Isso nos permite derivar três regras básicas para negociação com pivôs: Se o mercado / ação for negociado acima do ponto de giro, o viés do dia estará no lado longo. A compra é aconselhável. Se o mercado / ação estiver abaixo do ponto de giro, então o viés do dia estará no lado curto. A venda a descoberto seria a estratégia preferida. Se o mercado abrir gap ou gap down, e negociar perto de R2 / R3 ou S2 / S3, ele exibirá uma tendência de voltar ao pivô. Assim, a regra geral a seguir é "evitar comprar o alto ou vender o baixo". Se um dos S1 ou R1 for penetrado, esses pontos de interrupção reverterão suas funções. Ou seja, o primeiro suporte (S1) se torna a nova resistência (R1). Estratégias de Pivô: uma ferramenta útil para os comerciantes de Forex. Por muitos anos, traders e market makers usaram pontos de pivô para determinar os níveis críticos de suporte e / ou resistência. Os pivots também são muito populares no mercado cambial e podem ser uma ferramenta extremamente útil para os operadores de mercado para identificar os pontos de entrada e para os comerciantes de tendência e de breakout identificarem os níveis chave que precisam ser quebrados para se qualificarem como um saia. Neste artigo, explicaremos como os pontos de pivô são calculados, como eles podem ser aplicados ao mercado de câmbio e como eles podem ser combinados com outros indicadores para desenvolver outras estratégias de negociação. Calculando Pontos Dinâmicos. Por definição, um ponto de pivô é um ponto de rotação. Os preços usados ​​para calcular o ponto de pivô são os preços de alta, baixa e de fechamento do período anterior para um título. Esses preços geralmente são obtidos dos gráficos diários de uma ação, mas o ponto de giro também pode ser calculado usando as informações dos gráficos por hora. A maioria dos traders prefere obter os pivots, bem como os níveis de suporte e resistência, fora dos gráficos diários e, em seguida, aplicá-los aos gráficos intraday (por exemplo, por hora, a cada 30 minutos ou a cada 15 minutos). Se um ponto de pivô é calculado usando informações de preço de um período de tempo mais curto, isso tende a reduzir sua precisão e significância. O cálculo do livro didático de um ponto de giro é o seguinte: Ponto de Pivô Central (P) = (Alto + Baixo + Fechado) / 3. Os níveis de suporte e resistência são então calculados a partir desse ponto de pivô usando as seguintes fórmulas: Suporte de primeiro nível e resistência: Primeira Resistência (R1) = (2 * P) - Baixa. Primeiro Suporte (S1) = (2 * P) - Alto. Da mesma forma, o segundo nível de suporte e resistência é calculado da seguinte forma: Segunda Resistência (R2) = P + (R1-S1) Segundo Suporte (S2) = P - (R1-S1) Calcular dois níveis de suporte e resistência é uma prática comum, mas não é incomum obter um terceiro nível de suporte e resistência. (No entanto, suporte e resistências de terceiro nível são um pouco esotéricas para serem úteis para fins de estratégias de negociação.) Também é possível aprofundar a análise de pontos pivôs - por exemplo, alguns traders vão além dos níveis tradicionais de suporte e resistência e também acompanhar o ponto médio entre cada um desses níveis. Aplicando Pontos Dinâmicos ao Mercado de Câmbio. De um modo geral, o ponto de articulação é visto como o nível primário de suporte ou resistência. O gráfico a seguir é um gráfico de 30 minutos do par de moedas GBP / USD com níveis de pivô calculados usando os preços diários de alta, baixa e baixa. A abertura. Existem três mercados abertos no mercado de câmbio: os EUA abrem, o que ocorre aproximadamente às 8h da manhã. EDT, o Europeu aberto, que ocorre às 2h. EDT, e o asiático aberto que ocorre às 19h. EDT. Figura 1 - Este gráfico mostra um dia comum no mercado de câmbio. O preço de um par de moedas principais (GBP / USD) tende a flutuar entre os níveis de suporte e resistência identificados pelo cálculo do pivot point. As áreas circuladas no gráfico são boas ilustrações da importância de uma quebra acima desses níveis. O que também vemos quando negociamos pivôs no mercado de FX é que o intervalo de negociação para a sessão geralmente ocorre entre o ponto de pivot e os primeiros níveis de suporte e resistência, porque uma multidão de traders joga esse range. Dê uma olhada na Figura 2, um gráfico do par de moedas USD / JPY. Como você pode ver nas áreas circuladas, os preços inicialmente permaneceram dentro do ponto de pivô e o primeiro nível de resistência com o pivô atuando como suporte. Uma vez que o pivô foi quebrado, os preços caíram e permaneceram predominantemente dentro do pivô e da primeira zona de apoio. Figura 2 - Este gráfico mostra um exemplo da força do suporte e da resistência calculada usando os cálculos de pivô. A importância do mercado abre. Um dos pontos-chave a entender quando se negocia pontos de pivot no mercado FX é que as quebras tendem a ocorrer em torno de um dos mercados abertos. A razão para isso é o afluxo imediato de comerciantes que entram no mercado ao mesmo tempo. Esses operadores entram no escritório, analisam como os preços foram negociados durante a noite e quais dados foram divulgados, ajustando seus portfólios de acordo. Durante os períodos de tempo mais silenciosos, como entre o fechamento dos EUA (16:00 EDT) e o aberto asiático (7:00 EDT) (e às vezes até durante toda a sessão asiática, que é o pregão mais silencioso), os preços podem permanecer confinado por horas entre o nível do pivô e o nível de suporte ou resistência. Isso fornece o ambiente perfeito para os operadores com limite de intervalo. Duas estratégias usando pontos de pivô. Muitas estratégias podem ser desenvolvidas usando o nível de pivô como base, mas a precisão do uso de linhas de pivô aumenta quando as formações de castiçal japonesas também podem ser identificadas. Por exemplo, se os preços fossem negociados abaixo do pivô central (P) durante a maior parte da sessão e fizessem uma incursão acima do pivot enquanto criavam simultaneamente uma formação de reversão (como uma estrela cadente, doji ou homem pendurado), você poderia vender antecipação da retomada do preço de negociação abaixo do ponto de pivô. Um exemplo perfeito disso é mostrado na Figura 3, um gráfico USD / CHF de 30 minutos. USD / CHF manteve-se limitado entre a primeira zona de suporte e o nível de pivô para a maior parte do pregão asiático. Quando a Europa ingressou no mercado, os comerciantes começaram a elevar o USD / CHF acima do pivô central. Os touros perderam o controle quando a segunda vela se tornou uma formação doji. Os preços então começaram a reverter para baixo do pivô central para passar as próximas seis horas entre o pivô central e a primeira zona de apoio. Os comerciantes que observam esta formação poderiam ter vendido USD / CHF na vela logo após a formação do doji para aproveitar pelo menos 80 pips de lucro entre o pivot point e o primeiro nível de suporte. Figura 3 - Este gráfico mostra um ponto de pivô sendo usado em cooperação com um padrão de velas para prever uma inversão de tendência. Observe como a descida foi interrompida pelo segundo nível de suporte. Outra estratégia que os comerciantes podem usar é procurar os preços para obedecer ao nível de pivô, portanto, validando o nível como uma zona sólida de suporte ou resistência. Neste tipo de estratégia, você está olhando para ver o preço quebrar o nível de pivô, inverter e, em seguida, voltar para o nível de pivô. Se o preço prosseguir para o ponto de giro, isso indica que o nível de pivô não é muito forte e, portanto, é menos útil como sinal de negociação. No entanto, se os preços hesitarem em torno desse nível ou "validá-lo", o nível do pivô será muito mais significativo e sugerirá que o movimento inferior é uma quebra real, o que indica que pode haver um movimento de continuação. O gráfico GBP / CHF de 15 minutos na Figura 4 mostra um exemplo de preços "obedecendo" à linha de pivô. Na maioria das vezes, os preços eram confinados primeiro no nível intermediário e no pivô. No aberto europeu (2h da EDT), o GBP / CHF subiu e quebrou acima do nível do pivô. Os preços retornaram ao nível do pivô, seguraram-no e voltaram a subir novamente. O nível foi testado mais uma vez antes de o mercado dos EUA abrir (7h da EDT), quando os traders deveriam ter feito uma ordem de compra para GBP / CHF, já que o nível do pivô já havia provado ser um nível de suporte significativo. Para os comerciantes que fizeram isso, o GBP / CHF ricocheteou e voltou a subir. Figura 4 - Este é um exemplo de um par de moedas "obedecendo" ao suporte e resistência identificados pelo cálculo do ponto de giro. Esses níveis se tornam mais significativos quanto mais vezes o par tenta romper. The Bottom Line. Traders e market makers têm usado pontos de pivô há anos para determinar os níveis críticos de suporte e / ou resistência. Como os gráficos acima mostraram, os pivôs podem ser especialmente populares no mercado de câmbio, já que muitos pares de moedas tendem a flutuar entre esses níveis. Os operadores com limites de oferta entrarão em uma ordem de compra próxima aos níveis identificados de suporte e uma ordem de venda quando o ativo se aproximar da resistência superior. Os pontos de pivotagem também permitem que os operadores de tendências e de breakout identifiquem níveis chave que precisam ser quebrados para que um movimento se qualifique como um breakout. Além disso, esses indicadores técnicos podem ser muito úteis em mercados abertos. Ter uma consciência de onde esses possíveis pontos de mudança estão localizados é uma excelente maneira de os investidores individuais se tornarem mais sintonizados com os movimentos do mercado e tomarem decisões de transação mais instruídas. Dada a sua facilidade de cálculo, os pontos de articulação também podem ser incorporados em muitas estratégias de negociação. A flexibilidade e a relativa simplicidade dos pontos de pivô definitivamente os tornam uma adição útil à sua caixa de ferramentas de negociação.
Provedor de dicas grátis forex
Treinador de negociação Forex