Wiki do sistema de negociação do front office

Wiki do sistema de negociação do front office

Sistema de negociação de ações Bond Halbert
Sistema de comércio de H4 fibo
Revisão do sistema de traders do Google


Sistema dos estrangeiros dos dts Taxas de câmbio Binary_options_trading_united_states Sistemas de negociação automatizada de opção binária Sinais de negociação gratuitos de prata dourada Tempo de mercado aberto Forex Tratamento tributario de opcoes de acoes para funcionarios em fusoes e aquisicoes Revisão de sinais de opção binária

Front Office. O que significa "Front Office"? Em uma empresa de serviços financeiros, o front office consiste no pessoal de vendas e funcionários de finanças corporativas; essas pessoas geram a maior parte da receita para a empresa. Uma empresa de serviços financeiros é dividida logicamente em três partes: o front office inclui pessoal de vendas e finanças corporativas, o middle office gerencia riscos e estratégia corporativa, e o back office fornece serviços administrativos, técnicos e de suporte. Escritorio do meio. Back Office. Escritório virtual. Oficial de Proteção de Dados (DPO) QUEBRANDO 'Front Office' A origem do termo "front office" vem da aplicação da lei no início do século XX. Criminosos no submundo da sociedade chamavam a principal delegacia de polícia ou o principal escritório de detetives do front office porque era o mais alto órgão de aplicação da lei em uma área local. Na década de 1930, o "front office" mudou para abranger os funcionários mais importantes de uma empresa, como gerentes e executivos. Empregados típicos. Os funcionários do front office têm o contato mais direto com os clientes entre os funcionários de uma empresa de serviços financeiros ou um banco de investimento. Isso significa que geradores de receita contratam especialistas em gestão de patrimônio, vendas, negociação, investimentos e private equity. A única exceção a essa regra é o departamento de pesquisa de patrimônio; ela não gera receita diretamente, mas desempenha um papel vital no processo de tomada de decisão que esses funcionários devem trabalhar de perto com as pessoas que investem o dinheiro dos clientes. Pesquisadores escrevem relatórios sobre perspectivas de lucros e empresas que poderiam se beneficiar de investimentos. As pessoas que querem trabalhar em um escritório de frente devem se inclinar para carreiras como corretores de commodities, operadores financeiros ou banqueiros de investimento corporativos. Essas pessoas sabem como transferir grandes somas de dinheiro para obter o retorno otimizado dos investimentos do cliente. Os banqueiros de investimento aconselham as empresas sobre fusões, aquisições e aumento de capital de investimento em vários mercados. Os comerciantes compram e vendem produtos de investimento, como ações, títulos e commodities, em nome dos clientes. Rede de suporte. O escritório central e o back office suportam as atividades do front office. O escritório intermediário inclui funcionários que garantem que uma empresa de investimentos permaneça solvente e não se envolva em práticas de investimento ruins. Esses departamentos incluem estratégia corporativa, conformidade e controle financeiro. O escritório intermediário trabalha de perto com o escritório central para ajudar a administrar sem problemas o aspecto gerador de receita do banco de investimento. O back office envolve pessoal de apoio, como assistentes administrativos, recursos humanos e contabilidade. O back office também inclui departamentos de tecnologia, como funcionários de TI e suporte técnico. Devido ao maior papel tecnológico que os computadores, softwares e algoritmos desempenham nos investimentos diários, o back office se tornou mais proeminente nas funções diárias das empresas de serviços financeiros. Sem a rede de suporte no escritório central e no back office, o front office não consegue ganhar dinheiro para o banco de investimento. Organização de um Banco Corporativo e de Investimento. Fonte, meio e back office. O front office é literalmente a interface do banco com o mercado. O front office coordena e cuida de todas as necessidades do banco e de seus clientes com relação a hedge e financiamento. Investimento, negociação de gestão de posições, arbitragem. Sistemas de informação front-office: Listagem eletrônica e sistemas de negociação Sistemas de manutenção de posição geralmente especializados para certos instrumentos financeiros (derivativos, produtos de renda fixa, bolsas de valores, etc.) Sistemas transversais: monitoramento de risco, previsão de liquidez. O escritório central, localizado bem próximo ao front office, garante o controle e o processamento das transações. O back office monitora o processamento das transações no pós-mercado: confirmação, pagamento, liquidação e contabilidade. Em todos os níveis, a eficiência do sistema de informação é definida por sua capacidade de processar transações de forma automática e segura: o termo de uso é STP (Straight Through Processing): a transação é processada diretamente. Em outras palavras, a transação é processada com pouca ou nenhuma intervenção manual. Gerenciamento de riscos. Risco é qualquer evento que possa impedir uma organização de atingir seus objetivos ou maximizar o desempenho. Não há atividade financeira ou econômica em geral, sem assumir riscos. No contexto das atividades de mercado, é feita uma distinção entre as seguintes categorias de atividades: Risco de crédito ou risco de contraparte: o risco de um terceiro não cumprir os seus compromissos: não reembolso de empréstimos ou o risco de não pagamento de quantias devidas por clientes internos (clientes de contas) ou clientes externos (contrapartes de mercado). Risco de mercado: exposição de uma carteira às flutuações do mercado. A exposição ao risco de mercado existe quando o banco adquire uma posição curta ou longa de compra ou venda de um determinado instrumento financeiro. Por fim, a implementação dos acordos de Basiléia colocou o risco operacional em primeiro plano: é o risco de que um erro humano, um mau funcionamento (normalmente de sistemas de informação) ou um evento externo interrompa a realização dos objetivos do banco. Nota: Ao contrário do que a intuição sugere, os ativos da empresa (bancários ou não) são o que está em risco. A realização do risco reduz o valor desses ativos ou impede que a empresa atinja seus objetivos de "criação de valor". A estratégia de risco envolve vários passos incrementais. Primeiro, avalie o risco, que inclui avaliar a perda potencial gerada pela realização do risco e, em segundo lugar (algo ainda mais difícil), estimar a probabilidade do risco ocorrer. Os métodos de avaliação variam de acordo com o tipo de risco estudado. Para ser relevante, o cálculo da exposição ao risco deve ser feito em diferentes níveis de agregação (por carteira, centro de lucro, departamento, filial, etc.) até o nível mais global do banco. A avaliação de risco deve ser realizada inicialmente em termos absolutos, sem levar em conta quaisquer medidas preventivas ou corretivas aplicadas. É muito importante poder avaliar o impacto potencial do risco, uma vez que terá de ser ponderado em relação ao custo de futuras medidas preventivas ou corretivas. Medidas de custo intensivo para prevenir baixo risco não seriam racionais. Em segundo lugar, o controle de risco consiste em limitar a exposição a priori, definindo limites além dos quais não é mais possível tomar uma posição sem a autorização de um gerente de risco. Este método é particularmente usado para controle de risco de crédito. Destina-se a evitar riscos além de um limite aceitável. A cobertura contra o risco consiste em tomar posições em instrumentos financeiros, muitas vezes derivativos, cujo valor varia inversamente com o valor dos ativos expostos ao risco. A cobertura é, portanto, eficaz quando o risco é realizado para reduzir seus efeitos; se o risco não for realizado, o hedge só terá gerado um custo. Também é possível transferir o risco para um terceiro, subcontratando uma atividade ou fazendo um seguro. Finalmente, as autoridades reguladoras, por meio dos acordos de Basileia, exigem que a instituição aloque uma quantidade suficiente de capital para garantir sua solvência caso os riscos aos quais está sendo exposta estejam sendo realizados. Para ser relevante, o controle de risco deve ser abrangente. Os desenvolvimentos de TI associados são, portanto, aplicações complexas "transversais", muitas vezes reunindo informações de todos os centros de negócios. Além disso, a função de controle de risco deve ser executada dentro da instituição por um departamento separado, geralmente subordinado diretamente à gerência sênior e não a um departamento operacional. Caso contrário, o gerente de risco seria colocado em uma posição de juiz e parte. No entanto, um bom conhecimento das linhas de negócios também é necessário para a avaliação dos riscos envolvidos, e é por isso que alguns gerentes de risco indicados podem ser realocados em cada linha de negócios, enquanto se reportam ao departamento central de monitoramento de riscos. Esta frase não aparece mais no site, mas é publicada aqui com a gentil permissão do autor, Glyn Holton. Front Office & Back Office: Qual é a diferença? Tradicionalmente, a equipe do front office é a pessoa que está em contato com os consumidores ou clientes, enquanto a equipe do back office é a pessoa por trás dos bastidores que trabalha em funções administrativas ou de suporte. Naturalmente, nas empresas modernas é muito mais complicado do que isso, e muitas vezes há algum cruzamento e confusão sobre o que constitui um papel de front office e back office. Hoje em dia, front office & rsquo; e & lsquo; back office & rsquo; são termos mais difundidos no banco de investimento, que é o foco deste artigo. Nos bancos de investimento, a relação entre a frente e o back office é uma chaleira de peixe ligeiramente diferente. Uma vez que ajudamos você a descobrir a diferença, por que não verificar as funções de front e back office no nosso quadro de empregos? Front Office & hellip; Simplificando, a equipe do front office é a pessoa que gera receita diretamente para a empresa. O front office consiste principalmente em funções voltadas para o cliente. Assim, em uma empresa financeira ou em um banco de investimento, os departamentos de front office podem consistir em vendas e negociações, bancos de investimento, gestão de patrimônio e private equity. A exceção à regra é a pesquisa de patrimônio, que é frequentemente considerada como um front office, mesmo que não traga diretamente receita. Portanto, se você quiser trabalhar diretamente em uma função de investimento (por exemplo, como corretora de commodities, corretora financeira ou como banqueiro de investimento corporativo), o escritório central será seu local de trabalho. Middle Office & hellip; Este é um pouco de um unicórnio bancário de investimento: você acredita nele ou você não o faz. Para alguns, o escritório central é simplesmente o back office; outros acham que é preciso fazer uma distinção. Eles argumentariam que um papel intermediário liga a frente e o back office, fornecendo ao front office uma função de suporte que desempenha um papel mais direto na geração de receita. O escritório do meio é um submundo, uma área cinzenta com limites em constante mudança. Por exemplo, alguém pode citar operações, tesouraria corporativa, gerenciamento de risco e gerenciamento estratégico como departamentos de middle office. Outros apenas limitariam a riscos, crédito e gestão estratégica. Você poderia argumentar que um banqueiro de investimento operacional é o middle office, embora muitos simplesmente o incluam na equipe do back office. Back Office & hellip; Fale com alguém no escritório da frente e eles podem fazer você acreditar que o back office é uma zona proibida e que TODOS no back office realmente querem estar no front office, mas isso nem sempre é necessariamente o caso. O back office é composto pelas áreas que não geram receita diretamente para o negócio, mas fornecem apoio e administração vitais. O back office de um banco de investimento pode abranger departamentos como i.T., operações, RH, contabilidade e conformidade. Eles executam funções que se concentram principalmente no processamento ou suporte. Apesar das observações maliciosas do escritório da frente, sem esses caras, o negócio não seria capaz de ser executado. A equipe do back office projeta os sistemas de computadores, mantém os bancos de dados, gerencia as finanças da empresa e busca novos talentos. O front office depende do apoio do back office para funcionar de forma eficaz. Alguns papéis que foram tradicionalmente descartados como back office estão se destacando. Os papéis técnicos desenvolveram-se para além da I.T. apoio, especialmente porque os bancos de investimento agora dependem fortemente do desenvolvimento da tecnologia mais recente. Como resultado, os papéis técnicos em áreas como engenharia de desenvolvimento e infraestrutura estão aumentando em importância e status. Embora os bancos possam ser inundados com pedidos de funções de front office, é para esses papéis técnicos que eles estão desesperados para recrutar os melhores talentos. Qual é a diferença salarial entre o front office & amp; back office? Outra distinção entre a frente e o back office (e o meio, se quiser) é o pagamento. É quase impossível que a equipe do front office acenda seus charutos com notas de 50 libras, enquanto o back office se enche de personagens de um romance de Dickens em torno do único carvão que podem pagar com seus salários. Mas os níveis salariais variam de frente para o meio e vice-versa, sendo que o primeiro ganha mais. Alternativamente, pode haver um nível de pagamento relativamente estável, mas aqueles que estão no front office irão colher as recompensas quando se trata de bônus. Como eles estão em funções geradoras de receita, seus bônus tendem a ser muito maiores. Então, se você está nele para as quantias realmente grandes, o front office é onde você quer estar; Se você quer ganhar um salário fixo realmente decente, então o back office é seu domínio. É claro que aqueles que se levantam no back office podem comandar salários muito bons. Por exemplo, profissionais experientes em tesouraria corporativa podem ganhar £ 150.000 por ano ou mais. No entanto, isto empalidece em comparação com os salários e bônus que os banqueiros de investimento experientes que trabalham para os principais bancos de investimento podem ganhar. Um é melhor que o outro? O front office é sempre melhor que o back office, certo? Realmente, depende das suas aspirações de carreira e do que você quer de um ambiente de trabalho. Se você realmente quer trabalhar diretamente no lado do investimento das coisas para um banco de investimento, então um papel de back office pode não ser o lugar para começar. Pode ser menos competitivo para entrar, mas isso não garante o acesso a funções de front office. Alguns trabalham até o front office, mas são minoria. Você pode achar que você é mais adequado para um papel de back office, onde o ambiente um pouco mais descontraído permitirá que você prospere. Outros só terão seus olhos postos no corte e no impulso das funções de front office, particularmente aqueles que querem empregos voltados para o cliente. Pode valer a pena adquirir experiência de trabalho em ambas as áreas para ver onde você se encaixa. Se você quiser ler mais sobre finanças e carreiras bancárias em geral, dê uma olhada no nosso outro site AllAboutFinanceCareers. Escritorio do meio. O que é um 'Middle Office'? Um escritório intermediário é o grupo de funcionários de uma empresa de serviços financeiros ou um fundo de hedge que gerencia riscos, calcula lucros e perdas e, muitas vezes, é responsável pela tecnologia da informação. O escritório central utiliza os recursos da frente e do back office. Uma empresa de serviços financeiros é dividida logicamente em três partes: O front office inclui pessoal de vendas e finanças corporativas; o escritório central gerencia os recursos de risco e de TI; e o back office fornece serviços administrativos, suporte e pagamento. Front Office. Back Office. Escritório virtual. Middle Market. QUEBRANDO 'Middle Office' Fundo. Nos primórdios do sistema bancário de câmbio e investimento, as responsabilidades eram geralmente divididas apenas entre o front office e o back office. O pessoal do front office era o pessoal de vendas, comerciantes e negociadores. A maioria tinha formação universitária (com exceção de alguns traders de câmbio) e muitos possuíam MBAs, enquanto o pessoal do back office só precisava ter um diploma de ensino médio. À medida que as transações e a tecnologia se tornam mais complexas, as funções do middle office se desenvolvem e se separam do back office. Esses funcionários geralmente têm pelo menos um diploma de bacharel, e um número crescente tem um MBA ou um mestrado em tecnologia. O pessoal do middle office está intimamente envolvido na garantia de que o acordo negociado pelo front office é o que é realmente reservado, processado e pago. Isso pode incluir o gerenciamento de uma ampla gama de contratos da International Swap Dealers Association (ISDA); acompanhar os lucros e perdas das transações; gerenciamento de riscos; e garantir que todos os documentos de conformidade exigidos foram concluídos. Algumas empresas têm equipes especializadas de suporte legal que fazem parte do escritório central. As funções de middle office de TI abrangem desde a garantia de que as funções de pagamento e recebimento são operacionais para projetar software para implementar estratégias de negociação. O pessoal de middle office também gerencia sistemas de software contratados que são usados ​​para negociação, como Bloomberg e Reuters 3000. Eles suportam tanto a frente quanto o back office, e estão sempre disponíveis 24 horas por dia, sete dias por semana para garantir que o mercado essencial os dados estão sendo constantemente capturados e monitorados. Alguns bancos de investimento têm procurado cortar custos movendo as funções de escritório intermediário no exterior. Os países-alvo são geralmente aqueles com altos níveis de educação e fortes habilidades no idioma inglês, mas com uma escala salarial menor. Os países-alvo populares incluem a Irlanda e a Índia. Escritorio do meio. O que é um 'Middle Office'? Um escritório intermediário é o grupo de funcionários de uma empresa de serviços financeiros ou um fundo de hedge que gerencia riscos, calcula lucros e perdas e, muitas vezes, é responsável pela tecnologia da informação. O escritório central utiliza os recursos da frente e do back office. Uma empresa de serviços financeiros é dividida logicamente em três partes: O front office inclui pessoal de vendas e finanças corporativas; o escritório central gerencia os recursos de risco e de TI; e o back office fornece serviços administrativos, suporte e pagamento. Front Office. Back Office. Escritório virtual. Middle Market. QUEBRANDO 'Middle Office' Fundo. Nos primórdios do sistema bancário de câmbio e investimento, as responsabilidades eram geralmente divididas apenas entre o front office e o back office. O pessoal do front office era o pessoal de vendas, comerciantes e negociadores. A maioria tinha formação universitária (com exceção de alguns traders de câmbio) e muitos possuíam MBAs, enquanto o pessoal do back office só precisava ter um diploma de ensino médio. À medida que as transações e a tecnologia se tornam mais complexas, as funções do middle office se desenvolvem e se separam do back office. Esses funcionários geralmente têm pelo menos um diploma de bacharel, e um número crescente tem um MBA ou um mestrado em tecnologia. O pessoal do middle office está intimamente envolvido na garantia de que o acordo negociado pelo front office é o que é realmente reservado, processado e pago. Isso pode incluir o gerenciamento de uma ampla gama de contratos da International Swap Dealers Association (ISDA); acompanhar os lucros e perdas das transações; gerenciamento de riscos; e garantir que todos os documentos de conformidade exigidos foram concluídos. Algumas empresas têm equipes especializadas de suporte legal que fazem parte do escritório central. As funções de middle office de TI abrangem desde a garantia de que as funções de pagamento e recebimento são operacionais para projetar software para implementar estratégias de negociação. O pessoal de middle office também gerencia sistemas de software contratados que são usados ​​para negociação, como Bloomberg e Reuters 3000. Eles suportam tanto a frente quanto o back office, e estão sempre disponíveis 24 horas por dia, sete dias por semana para garantir que o mercado essencial os dados estão sendo constantemente capturados e monitorados. Alguns bancos de investimento têm procurado cortar custos movendo as funções de escritório intermediário no exterior. Os países-alvo são geralmente aqueles com altos níveis de educação e fortes habilidades no idioma inglês, mas com uma escala salarial menor. Os países-alvo populares incluem a Irlanda e a Índia.

Wiki do sistema de negociação do front office O software de negociação de energia, transação e gerenciamento de risco (ETRM) é a categoria de aplicativos de software, arquiteturas e ferramentas que suportam os processos de negócios associados à comercialização de energia. Neste sentido, o comércio de energia significa a compra e venda de commodities de energia, como petróleo bruto, carvão, gás natural, energia elétrica e produtos refinados, a gestão do movimento e entrega das commodities energéticas e atividades associadas de gerenciamento de risco. O software ETRM compreende um amplo conjunto de funções que podem variar consideravelmente dependendo de quais commodities são negociadas, quais ativos são empregados nos negócios, onde esses ativos estão localizados e qual é a estratégia de negócios da empresa e os processos de negócios associados. Hoje, o impacto de regulamentações como a Lei Sarbanes-Oxley e as recomendações do Comitê de Diretores de Risco, entre outros, estão tendo um impacto adicional sobre os requisitos do software ETRM. Normalmente, e no sentido mais amplo, as soluções ETRM são conjuntos de software totalmente integrados que ajudam a gerenciar os aspectos de front, middle e back office de uma entidade de negociação de energia. Embora as definições e estruturas organizacionais sejam bastante diferentes, o front office geralmente se preocupa com a captura de transações e gerenciamento de posição, o escritório intermediário com gerenciamento e relatórios de várias exposições de risco como resultado de atividades de negociação e back office com liquidações e funções contábeis. Além disso, geralmente haverá um componente de programação para as soluções ETRM, permitindo que a empresa de energia planeje, rastreie, gerencie e contabilize as quantidades de energia que precisam ser movidas fisicamente da fonte para o ponto de uso. A UtiliPoint estima o mercado total de software ETRM como talvez em torno de US $ 30 a US $ 60 milhões anualmente somente na América do Norte. Mas o mercado de software ETRM ainda é relativamente imaturo e continua a evoluir rapidamente com mais de 65 soluções fornecidas pelo fornecedor no mercado e entre 40% e 60% de taxa de penetração para software fornecido pelo fornecedor. O mercado de software ETRM refletiu as mudanças que ocorreram nos últimos 15 anos nos mercados grossistas de energia, com períodos de expansão seguidos de desacelerações, à medida que a indústria absorveu mudanças estruturais ou regulatórias. O UtiliPoint chama esses períodos de eventos de deslocamento de mudança do setor. Para entender o cenário do software ETRM, é necessário entender o histórico de mudanças do setor e, em particular, como esses eventos de deslocamento afetaram a comunidade de fornecedores e seus produtos de software.
Preços consistentes de opções fx
Taxas de câmbio do Hdfc forex